Chá para Expectativa

Sessão Cine: Filmes assistidos recentemente #02

Quem me segue nas redes sociais sabe que eu passo a maior parte do meu tempo livre - lendo ou assistindo séries. E os filmes? Confesso que assisto pouco. Mas quando tiro o máximo proveito do tempo, assisto 3 a 5 filmes na semana. No final do mês de março para abril vi ótimos filmes. Recomendo todos que vou mencionar nesse post.


Os Suspeitos (2013)
Classificação: 16 anos | Gênero: Drama, Mistério, Policial e Thriller | Avaliação:

Sinopse: Depois que sua filha de seis anos e uma amiga dela são sequestradas, Keller Dove, um carpinteiro de Boston, enfrenta o departamento de polícia e o jovem detetive encarregado do caso para fazer justiça com as próprias mãos.

No início, o espectador se depara com um sumiço misterioso de duas crianças, famílias desesperadas e um carpinteiro em busca de respostas e disposto a fazer qualquer coisa para achar sua filha. Mais adiante, a cidade vira um caos, surgem alguns suspeitos e várias pistas começam a aparecer. Um dos motivos que me levou a assistir esse filme foi por causa do elenco. As atuações estão ótimas e o roteiro é bem construído. Na medida que a trama evolui, fica mais intenso - sem deixar que seus olhos pisquem. É aquele filme que você vai dizer: “Como assim? Ué, acabou?” e vai pedir bis.
Dica: Depois de assistir ao filme, leia O Significado Esotérico do Filme "Os Suspeitos".


Uma Noite de Crime (2013)
Classificação: 16 anos | Gênero: Ficção, Terror e Thriller | Avaliação:

Sinopse: No futuro, uma família rica é mantida refém por abrigar o alvo de um grupo assassino durante a Noite de Crime, um período de 12 horas em que todo e qualquer crime é legalizado.

Todo ano ocorre a noite da purificação. Nesse dia, qualquer atividade criminosa é considerada legal pelo governo. Comércios, policiamento e hospitais suspendem os seus serviços durante doze horas. Por esse motivo, as pessoas se protegem à sua maneira e normalmente quem fica na rua são “os purgadores” atrás de alvos. A concepção desse filme é insana, mas mesmo assim achei que não foi bem desenvolvida. Muito corrido e com alguns furos no roteiro. Poderia ter sido melhor, mas também não é um filme péssimo.


A Chegada (2016)

Classificação: 10 anos | Gênero: Drama, Ficção Científica e Mistério | Avaliação:

Sinopse: Naves alienígenas chegaram às principais cidades do mundo. Com a intenção de se comunicar com os visitantes, uma linguista e um militar são chamados para decifrar as estranhas mensagens dos visitantes.

Tentei fazer aquela maratona dos filmes que foram indicados ao Oscar 2017 na categoria de melhor filme, mas até o momento só consegui assistir dois da lista e, A Chegada foi um deles. Admito que quando li a sinopse, pensei que era só mais um filme que teria conflitos entre alienígenas e humanos – mas fui surpreendida!
Com a chegada de doze naves em diferentes lugares da Terra, a linguista Dra. Louise Banks é convidada a trabalhar em uma base militar para desvendar as mensagens misteriosas afim de descobrir o verdadeiro motivo da visita inesperada. A trama é mais sobre comunicação e união em vários pontos de vista. É um filme inteligente, sensível, fascinante e complexo ao mesmo tempo. Apenas assista e reflita!
“Se você pudesse ver sua vida inteira do início ao fim, você mudaria as coisas?”


Até o Último Homem (2016) 
Classificação: 16 anos | Gênero: Drama, Guerra e História | Avaliação:

Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, o médico do exército Desmond T. Doss se recusa a pegar em uma arma e matar pessoas, porém, durante a Batalha de Okinawa ele trabalha na ala médica e salva mais de 75 homens, sendo condecorado. O que faz de Doss o primeiro Opositor Consciente da história norte-americana a receber a Medalha de Honra do Congresso.

Também foi indicado ao Oscar 2017 na categoria de melhor filme. Até o Último Homem é baseado na história real de Desmond T. Doss, um jovem que serviu na Segunda Guerra e se recusou a pegar em armas por motivos pessoais. O filme mostra um pouco como foi a infância de Doss, romance com uma enfermeira, dificuldades durante o treinamento no quartel e sua participação na intensa batalha em Okinawa.
Sou suspeita para falar, pois gosto bastante de assistir filmes e documentários desse gênero. Fiquei tão surpresa com a história, que depois de assistir ao filme, fiz uma pesquisa para saber a veracidade. (risos) 
O filme é muito emocionante e o ator Andrew Garfield interpretou muito bem.
“Enquanto alguns tiram vidas, eu vou estar salvando.”



Não sei, mas me disseram! (A arte da fofoca)

Foto por Bean White



Algumas vezes, participamos (sim, não seja hipócrita) ou já fomos vítimas de boatos e comentários maldosos. O boato pode ser criado no trabalho, na vizinhança ou na parentela.

No seu trabalho, o (a) colega de equipe disse que acha que você fez algo inapropriado. Todos começaram a achar que você é antiético.

Na sua vizinhança, aquele(a) vizinho(a) disse que acha que você não foi para o lugar que está acostumado a frequentar e que fez algumas coisas por ai. Todos começaram a achar que você não tem um bom caráter.

Na parentela, aquele(a) primo(a) do interior que não te visita ou não fala com você faz um tempo, disse para sua tia de 3º grau no Whatsapp, que acha que aquela publicação que você compartilhou/fez no Facebook foi para ela. Sua tia contou para...E todos começaram a achar que você é um(a) tremendo(a) babaca.

Sobre achismos e disse me disse? Não sei, mas me disseram que isso é capaz de causar acontecimentos desagradáveis.

As pessoas vão manter distância porque você não está com uma reputação muito boa - e no meio disso tudo, você vai ter que lidar com as intrigas, inimizades, olhares tortos e mais fofocas. Essas coisas e outras ficam mais evidentes a cada dia que passa e, você não sabe como e quando surgiu essa balela toda.

As pessoas vão preferir achar como verdade o que disseram a elas do que saber o que realmente aconteceu ou o que você fez.

Já que essa balela toda não é verídica.... Não sei, mas me disseram que em algum momento tudo isso cansa e você vai começar a se afastar das pessoas. E você vai se afastar daquelas pessoas que querem o seu bem.



Autor(a): Estephane Faria.



Parceria: Editora Draco

Já fiz um post falando sobre as novidades no blog, mas agora temos uma mais recente e ótima novidade. A editora Draco fechou parceria com o Chá para Expectativa. Desse modo, terá bastante novidades como os últimos lançamentos pela editora e resenhas por aqui.

Draco. Do latim, dragão.
“A palavra dragão (em inglês, dragon) vem do grego drákon, δράκων, que deriva do verbo derkomai, “olhar”, pois seu papel no mito grego é o de vigiar tesouros cobiçados. O nome tem sido dado a criaturas mitológicas muito diversas, de diferentes culturas.”
Por apoiar autores brasileiros, o objetivo da editora Draco é publicar obras originais e exclusivamente nacionais de diversos gêneros como fantasia, chick-lit, romance, ficção científica, contos (antologias e Contos do Dragão - coleção de contos em e-book), mangás, quadrinhos etc.
Confira alguns trabalhos exclusivos feitos e publicados pela editora: 


Space Opera em quadrinhos

A verdadeira jornada pelas estrelas começa no cockpit de sua nave e termina na imensidão dos setores mais longínquos. Embarque nas páginas de Space Opera em Quadrinhos e visite paisagens exóticas, planetas hostis e maravilhas intergalácticas!

Após o sucesso literário da série Space Opera, a Editora Draco percorreu o hiperespaço até encontrar os quadrinistas mais destemidos da galáxia. Após sua missão, eles retornaram ao planeta Terra com oito HQs cheias de batalhas espaciais, raças alienígenas, intrigas políticas, blasters e muita ação!



Dezoito de Escorpião, Alexey Dodsworth

Fim do século XX. Um astrofísico brasileiro descobre que uma pálida estrela da Constelação do Escorpião é uma gêmea perfeita de nosso Sol. Segunda década do século XXI. Vários adolescentes brasileiros entram em surto psicótico ao mesmo tempo, durante uma explosão solar.
Como podem eventos tão distintos ameaçar um mesmo segredo? De que forma esses fatos podem afetar uma vila no coração da selva? A Vila Muhipu, resguardada por índios da etnia Tukano, é um paraíso onde o sofrimento não passa de lembrança. Uma utopia que deve ser mantida escondida a todo custo, e o doutor Ravi Chandrasekhar não poupará esforços nesse sentido.




Valkíria – A Fonte de Juventude
Alex Mir e Alex Genaro


Valkíria é uma guerreira que vive em uma terra onde a brutalidade é a única certeza no dia a dia de humanos e criaturas que a habitam. Junto ao seu fiel companheiro Rama, ela vai encarar diversos desafios, como encontrar a famosa fonte da juventude, enfrentar uma horda de zumbis famintos e destruir os planos de um grupo de terríveis mercadores de escravas. Este é o primeiro álbum que reúne histórias da saga dessa lendária aventureira.






Reverso, Karen Alvares

Reverso é a conclusão da história iniciada em Inverso, de Karen Alvares, a jornada de uma garota em busca de sua própria identidade. Para proteger quem mais ama, Megan enfrentará seus maiores temores e irá compreender seus sentimentos mais profundos. Mas será que ela é assim tão diferente da garota que a encara do outro lado do espelho?
Em meio a tantos segredos e dúvidas, Megan deve descobrir a verdade sobre Megami e, acima de tudo, sobre si mesma.







A Rainha Sombria, Vivianne Fair

Jade é uma jovem universitária que perdeu a memória aos doze anos de idade. Até aí tudo bem, mas a cada dia que passa sente-se mais agressiva enquanto coisas estranhas acontecem ao seu redor. Desejos de vingança, frascos de ácido que explodem, superforça. Não pode ser só a puberdade, afinal nem todo adolescente tem tanta força assim, certo?
Quando retorna à biblioteca onde foi encontrada ferida há muitos anos, a cena se repete, mas desta vez Jade é sugada para dentro de um mundo que parece ter saído de um conto de fadas.



Ryotiras – um pouco de cada, Ryot

Após 10 anos publicando quadrinhos diariamente, Ryot nem imaginava que havia produzido mais de 3 mil tirinhas. Misturando diversos estilos de humor, sempre preservou uma veia crítica social vinda desde os tempos dos zines punk. O resultado é um turbilhão de exageros surreais com ótimas cutucadas à moral e aos bons costumes.



Para conferir mais, acesse o site da Editora Draco. Lá você encontra mais livros disponíveis com informações detalhadas. Acompanhe também nas redes sociais para saber de pertinho as últimas novidades.


Playlist: Descobertas da Semana #03

Imagem do clipe "Lonely Town" de Brandon Flowers

Estava montando um novo cronograma para o blog e percebi que já faz 84 anos que não tem post de música aqui. E olha que eu vivo escutando música.
Bem, fiz mais descobertas musicais nas últimas semanas viajando no Youtube, Spotify ou naquelas rádios disponíveis no VLC. Isso mesmo! Escuto rádios online também. Então, eu acabo descobrindo músicas que são mais tocadas nas rádios de outros países. Tem momentos que eu penso: “Como assim essa música não é sucesso mundial.” (risos)

Para esse post, selecionei as minhas descobertas favoritas. A maioria das músicas são agitadas. Algumas tem clipes lindos e fofos. E outras fazem referências aos anos 80 e 90.
Acredito que a maioria conheça Major Lazer - Run Up (feat. PARTYNEXTDOOR & Nicki Minaj), mas eu só ouvi essa semana. 


O objetivo desse tipo de conteúdo é apresentar novas (ou não) músicas e artistas aos leitores. Espero que tenham gostado da playlist e que possam favoritar algumas músicas. E me fala! Qual você já conhecia e/ou curtiu mais?

Chá para Expectativa© 2016 - 2017 | Layout por A Design